Marielly e Guilherme

Bom vamos lá...
Fotografar eventos da própria família é muito difícil já devem imaginar né?
Temos que nos manter focados o tempo todo e não podemos nos deixar levar pela emoção, ou pelo menos tentamos.
Desta vez fotografamos o casamento da prima da Aracelly.
E vamos contar várias pequenas histórias dentro de uma grande história com final feliz.
Primeiramente começaremos pelo making of da noiva.
O salão que a Má escolheu para fazer cabelo e maquiagem foi o mesmo que a mãe dela havia escolhido à quase trinta anos atrás quando se casou, e sendo assim ela foi produzida pelos mesmos profissionais da Martha, sua mãe.
Nessa época a daminha da Martha foi a Aracelly que também fez cabelo e maquiagem junto com ela.
Anos depois no nosso casamento, a Aracelly também foi produzida pela Teca e o Zé Francisco no mesmo salão.
E agora no casamento da Marielly, olha elas juntas novamente, e ainda com a nossa filha Heloysa de daminha da Marielly. Noiva, mãe da noiva, daminha e fotógrafa pelas mãos hábeis de dois grandes profissionais.
Além de termos nossa filha como daminha ela foi acompanhada do nosso filhote como pajem também nas entradas.
Um dos momentos mais importantes de uma cerimônia de casamentos sem dúvida é a entrada da noiva, que sempre se emociona muito ao lado do seu pai... ops.
A Marielly não teve isso. Pelo menos não que tenhamos visto, mas com certeza tinha alguém presente acompanhando tudo bem de perto, orgulhoso da mulher magnífica que sua filha se tornou.
Permita-se! Emocionar, chorar, extravazar... A Martha não quis dar-se esse direito natural. E assim antes da cerimônia ela sentou-se, se concentrou, orou, trouxe forças lá de onde conseguiu, e durante a entrada fez o que pode para não se ver sozinha naquele momento. Brincou, sorriu, segurou. E ali ela foi novamente o pai e a mãe desses meninos, e com a ajuda do Matheus levou sua filha até o altar onde o noivo esperava ansioso.
Entre as damas de honra estava também a Carol. A prima da noiva que viajou 600km pra vê-la casando e daí 24h estava novamente em casa prestando vestibular pra medicina. E como prêmio, adivinha quem conseguiu pegar o buquê?
E lá vem as alianças, e sabe quem foi que trouxe? Uma figurinha angelical que é paciente de fisioterapia da nossa noiva, que com muito esforço e determinação percorreu sozinho o tapete do corredor até chegar aos noivos sempre com um lindo sorriso no rosto.
Ufa... casamento emocionante hein?
Não falei que a gente tem que se segurar senão não consegue fotografar?
E assim os noivos se divertiram muito na sua festa com amigos e familiares.
Mas chega de histórias, vamos ver tudo isso em imagens?
Parabéns Má e Gui, desejamos à vocês toda felicidade do mundo!











































































































































































































































































































Tags:

casamento evangélico, casamento emocionante, casamento campal, casamento andradina, fotógrafo casamentos, fotógrafo interior sp, fotógrafo andradina, fotojornalismo casamentos

Ficha Técnica:

Fotos: Marcello Pereira e Aracelly
Filmagem: Melody Foto-Filme
Cabelo: Teca e Zé Francisco
Maquiagem da noiva: Dani Mat
Vestido: Sonho de Noiva (Três Lagoas)
Traje do noivo:
Decoração: Luiz Armando
Som: Dj Fumão
Bolo e Doces: Vera Doces
Bolo Fake: Lidia
Topo do Bolo: Cris Art's
Buffet: Maristela dos Anjos
Cerimonial: Sulamita Pereira
Lembrancinhas: Vera